sábado, 30 de maio de 2009

Melhor Programa para Assistir Vídeo-aulas - GOM Player

Nesse caminho de concurseiro, a gente acaba encontrando várias dificuldades, a maioria delas é relativa aos estudos e matérias propriamente ditas, mas algumas fogem dessa área do "o que" e entram no caminho do "como". Parece confuso, né? Mas, calma, e vou explicar.
Tentando assistir a algumas vídeo-aulas em .wmv que eu encontrei, percebi que não conseguia voltar nem adiantar as aulas para pontos específicos nos vídeos, ou seja, só conseguia dar play e ver a aula de uma vez só. Ou dava "pause" ou "stop".
Daí, não me conformei e comecei a busca por algum programa que conseguisse tocar esse formato perfeitamente, como qualquer outro vídeo, já que o MEGABOGA codec pack do k-lite não dava conta do serviço. Depois de muito procurar, um amigo me indicou o GOM PLAYER. Desde então estou apaixonado pelo tal programinha. Ele não só toca perfeitamente qualquer vídeo, como também é leve e tem um design super simples! Sem frescuras desnecessárias! É perfeito para qualquer tipo de vídeo. E o melhor de tudo, É FREEWARE!!!
Sugiro sinceramente que baixem o GOM PLAYER e testem-no. É perfeito para quem investe nos estudos na telinha!
Grande abraço e boas vídeo-aulas a todos!
Download do programa aqui

terça-feira, 26 de maio de 2009

Prova Assistente Técnico-Administrativo do Min. da Fazenda + Gabarito

A ESAF liberou as provas do Concurso de Assistente Técnico-Administrativo para o Ministério da Fazenda, prestado nesse final de semana. Como vários amigos solicitaram a Prova e o gabarito do referido concurso, posto abaixo o link para visualização dos mesmos. Boa sorte a todos! Vale como exercícios para o nosso concurso, tendo em vista que a banca é a mesma. Vale a pena dar uma conferida!
Prova: Clique aqui (link novo)
Gabaritos: Clique aqui


segunda-feira, 25 de maio de 2009

Receita Federal Promete apressar o Edital 2009

Leiam essa notícia publicada na Folha Dirigida:

"A minha meta é publicar o edital, no máximo, em agosto." A declaração é de Odilon Neves Júnior, subsecretário de Gestão Corporativa da Receita Federal, órgão que tem até outubro para divulgar o edital do concurso para 1.150 vagas, sendo 450 de auditor-fiscal e 700 para analista-tributário. O subsecretário promete trabalhar para que a publicação aconteça o mais rápido possível. Os atuais vencimentos iniciais são de R$12.535,36 para auditor e R$7.095,53 para analista. Um reajuste previsto para o próximo mês de julho elevará os iniciais das carreiras para R$13.067,00 e R$7.624,56, respectivamente. Além dos vencimentos atrativos e da estabilidade (contratação pelo regime estatutário), os concursados terão direito a benefícios como plano de saúde e auxílio de alimentação, com valor que varia conforme a região, sendo de R$143,99 no Estado do Rio de Janeiro. A seleção foi autorizada no último dia 24 e, de acordo com Odilon Neves Júnior, o próximo passo é finalizar o estudo de lotação, que irá definir a distribuição nacional das vagas. Em seguida, a Esaf, confirmada como organizadora do concurso, dará seqüência aos preparativos da seleção. "O estudo já está em fase bem adiantada, pois era uma atividade que já vinhamos fazendo e acredito que em questão de dias ele já esteja concluído", projetou o subsecretário. Apesar de ter que aguardar a finalização do levantamento para ter informações mais precisas sobre a distribuição das vagas, Odilon Neves Júnior afirmou que é provável que todas as dez regiões fiscais da Receita (que abrangem todos os estados) tenham vagas em oferta no concurso. Sobre a estrutura do processo seletivo, o subsecretário informou que devem acontecer mudanças em relação aos concursos anteriores, mas que tudo dependerá do que for discutido junto à Esaf. "O que deve acontecer é uma rediscussão de pesos e necessidades", explicou.

Bom, a ESAF já está certa como banca, agora temos que torcer para ter vagas nas dez Regiões Fiscais mesmo, conforme comentado.
Torço para que a prova saia no final do ano, para que bata com o cronograma de estudos meu e do pessoal que eu conheço.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Qual o seu objetivo na vida?

Hoje acordei pensando, mais uma vez, nessa grande crise existencial que nós, seres humanos, por vezes nos encontramos, ou melhor, nos perdemos. Qual é o meu objetivo de vida?
É muito importante que descubramos essa resposta o mais rápido possível, pois a vida passa e, caso não resolvamos essa questão, ficamos como se estivéssemos caminhando sem sair do lugar. Parece um clichê, né? Mas não é só isso. É realidade.
O objetivo da vida deve ser definido para que o indivíduo possa traçar as metas e objetivos menores para alcance do objetivo Principal. Por exemplo, se o seu objetivo principal é ser rico, você já consegue traçar os caminhos que deve andar para chegar à sua meta de vida. Deve começar a poupar, investir, criar uma coluna de ativos que se sustente e realimentá-la sempre (cit. Livro Pai Rico Pai Pobre -> Leitura Obrigatória!) e não ter medo de riscos, ou seja, caminhar nesse sentido. Não quero induzir ninguém a ter esse objetivo, é só um exemplo, mas se você adaptá-lo a sua realidade verá a real importância do que digo. Se seu Objetivo é ser rico, conquistar a independência financeira com um bom emprego(Receita Federal, no caso) é sua meta e as dificuldades devem ser ultrapassadas para a conquista dessa meta. Observe que não é só conquistando a meta (aprovação no concurso) que o objetivo é instantaneamente alcançado, pois exigem-se mais passos para isso, mas o caminho é um conjunto e deve ser todo percorrido. A procura por atalhos pode ser muito mais espinhosa, embora existam.
Estou falando isso por que às vezes fico em dúvida do que faço da vida, uma vez que meu objetivo principal é servir a Deus e meu objetivo secundário é ser Rico, para poder me ajudar e ajudar aos outros de uma forma melhor. Daí fico imaginando de que modo posso alcançar esse objetivo mais rapidamente. Surge então a vontade imensa de ser aprovado no concurso seguida de ânimo e força de vontade para os estudos.
Espero que funcione também para vocês, já que é um bom jeito de me motivar.
Sei que cada um deve ter algo que lhe motiva, né? Mas se esse texto ajudar a pelo menos uma pessoa, já cumpriu seu propósito.
Boa sorte a todos na persecução de seus Objetivos e Bons estudos!

terça-feira, 19 de maio de 2009

Como lidar com Orçamento estudando para Concursos



Uma questão importantíssima na nossa vida de concurseiro é o orçamento, não é verdade? Se não nos organizarmos e sairmos comprando todos os materiais de qualidade que desejamos e, até certo ponto, precisamos, caímos em um problema que pode tirar nossa concentração para o estudo e nossa tranqüilidade: o endividamento. É claro que devemos ter fé que iremos passar no concurso, mas, como sempre diz a minha mãezinha, "não devemos contar com o ovo na ganlinha!".
Por isso, um orçamento deve ser sempre equilibrado e bem planejado, para que a coluna de passivos não ultrapasse a coluna de ativos da nossa vida(economicamente, e não contabilmente falando).
Você pode até controlar os gastos na sua prórpia agenda ou caderno, mas esse acompanhamento deve ser feito com seriedade para uma boa análise dos resultados.
O melhor método de se organizar financeiramente é anotar tudo aquilo que se gasta, ou seja, ter controle absoluto dos gastos, para saber para onde está indo o seu dinheiro. Sabendo disso, fica bem mais fácil se controlar e evitar jogar dinheiro onde não lhe trará retorno.

Posto abaixo uma tabela para organização de orçamento completa, que pode ajudar àqueles que ainda não têm esse tipo de controle.


Link: Planilha de Controle de Orçamento

Fonte: Café com Bytes

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Material de Matemática para download




Quando eu estudo as matérias relacionadas à Matemática sempre surge alguma questão onde eu fico com alguma dúvida sobre a teoria, que merece sempre ser revisada. Os Princípios e bases da Matemática resolvem todas as questões, basta saber aplicá-los.
Para isso, uso, quando necessário, o material do Professor Joselias, que é de Extrema qualidade (tanto o material quanto o professor). Ele disponibilizou um Dico Virtual onde guarda suas matérias para download. Vale a pena conferir.

O link é: Disco Virtual do Professor Joselias
A senha para acesso é "joselias"

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Salário do Analista Tributário da Receita Federal

Muitos ainda têm dúvida sobre qual o salário real do Analista tributário da Receita Federal. Posto então a informação sobre o salário da referida função segundo o site PCI Concursos

ANALISTA TRIBUTÁRIO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL
BRUTO: R$ 7.624,56 (Em 1º de Julho de 2009)
DESCONTO: R$ 2.041,87 (Previdencia+IR)
LÍQUIDO: R$ 5.582,69

Número de Inscritos e Relação Candidato/vaga na Prova da Receita Federal

Uma coisa que é de curiosidade dos concurseiros em geral é a relação candidato/vaga para o seu concurso. Erradamente, pois não devemos nos preocupar com quantos canditados estão inscritos ou qual a relação de candidatos por vagas.Embora eu poste abaixo a relação de inscritos no último concurso da Receita, nos concursos mais difíceis, como os de Auditor Fiscal e Analista Tributário, não é exatamente contra os outros candidatos que competimos. Competimos com nós mesmos. Só para se ter uma idéia, segundo o site Folha Dirigida, no último concurso da Receita Federal, TODOS os candidatos que conseguiram a nota mínima para aprovação em todas as provas foram convocados! Entendeu o que eu quero dizer?
Portanto, não se preocupe com quantos candidatos se inscreveram no concurso, mas preocupe-se se você está preparado para as provas, isso sim é o mais importante.
Para aqueles curiosos de plantão, posto o quantitativo de inscritos por região no último concurso (2005)

Link: Relação de inscritos por região 2005


Distribuição de Vagas para o Concurso da Receita Federal



Como já informei a alguns amigos que me questionaram sobre o assunto, a distribuição real das vagas do Concurso da Receita Federal só será divulgada após o Concurso de Remoção interno da própria Receita, quando os Funcionários daquele órgão que têm interesse em mudar de local de trabalho prestarão concurso para tal. Após isso, saberemos quais as Regiões Fiscais onde é necessário o peenchimento de novos funcionários. Enquanto isso não acontece, podemos ter uma idéia de como foi a distribuição de vagas no último Concurso público externo da Receita. Segue abaixo a distribuição de vagas do Concurso de 2005.


Clique na foto para ampliá-la.

Último Edital do Concurso da Receita Federal



Abaixo posto link do Edital do último Concurso da Receita Federal, o concurso de 2005.
Confira atentamente as informações, pois o edital 2009 será, provavelmente, nos moldes do seu precedente.
Link: Edital Concurso 2005 técnico
Edital Concurso 2005 Auditor Fiscal

Distribuição das Questões das Ultimas Provas da Receita Federal



Estratégia das mais importantes no estudo para o Concurso da Receita é dosar os esforços segundo o peso de cada matéria, além das dificuldades e necessidades de cada um, claro. Abaixo posto um link para visualização do peso das matérias nas últimas provas da Receita Federal para Técnico da Receita (atual Analista Tributário) e Auditor Fiscal. Vale a pena Conferir!
Clique no link abaixo e confira a tabela:

Link: Peso das matérias na Última Prova da Receita

Simulado Online



Encontrei na web um simulado online para testar o conhecimento dos candidatos ao Concurso da Receita Federal. O formato de prova não é o mesmo, mas o conhecimento cobrado em cada questão mostra-se similar ao requerido no Concurso em questão. Clique no link abaixo para ter uma idéia do nível das questões e exercitar seus estudos:
Link: Simulado Online

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Como é o Trabalho na Receita Federal



Uma dúvida comum nos concursandos para a Receita Federal é justamente sobre o serviço da Receita. Não sejamos hipócritas e admitamos que o maior atrativo para o concurso não é a vontade de trabalhar como "cobrador de impostos" da nação, mas sim os salários daquele órgão. Entretanto, é importante que tenhamos uma idéia de como é o serviço na Receita, pois nem tudo nessa vida é dinheiro, né?
A Receita Federal, como órgão de Administração Tributária e Aduaneira do País, exerce o controle, na área aduaneira, sobre as mercadorias, bagagens e veículos. Ela especializou-se no combate à pirataria, contrabando e outros ilícitos. Os marginais da lei estão ficando tão severos e violentos, ultimamente, que os Fiscais da Receita já usam cães farejadores, lanchas, aeronaves e armas (inclusive fuzis).
Conversando com alguns amigos Fiscais da Receita, eles me explicaram um pouco do que um Servidor da Receita faz, mais especificamente, um Fiscal.
Dentre os vários locais e serviços existentes no órgão, o servidor escolhe o local de atuação assim que presta o concurso (Região Fiscal) e lá será designado para sua missão, de varia entre verificação de carga, despacho aduaneiro, revisao aduaneira, perdimento de mercadorias, habilitação no comercio exterior etc.
O expediente é de 8 horas por dia, de segunda a sexta, normalmente não há serviço extra, raramente se leva trabalho para casa e não é normal permanecer trabalhando após o expediente.
A Receita Federal é uma das poucas instituições no Brasil - disse uma amiga - que é muito difícil de se enjoar de trabalhar, ou ficar de saco cheio do serviço. Se o Servidor não estiver satisfeito com o local de atuação, ele presta um concurso interno de remoção e muda de região, se estiver cansado do trabalho em sí, também pode pedir a mudança.
Enfim, é um trabalho gratificante, pois é do trabalho da Receita que vem a fonte de todas as obras, projetos e campanhas do Governo Federal para o nosso país. Eu conversava com a minha amiga que, diferentemente de alguns serviços, na Receita a gente não sente que está "enxugando gelo", ou seja, fazendo um serviço inútil, como em alguns órgãos, mas sente que seu serviço é realmente importante para a nação.

Exercícios online para a Receita Federal

Todos sabemos que a grande arma nos Concursos Públicos é a resolução de exercícios. Por isso, alguns livros, apostilas e até sites na internet se especializaram nos exercícios online para as mais diversas provas e concursos. Abaixo seguem alguns links de sites interessantes que disponibilizam provas e exercícios online para testarmos e sedimentarmos os conhecimentos, além de verificar as áreas da teoria que precisam ser revisadas.
Por enquanto são esses, mas assim que eu for descobrindo mais, posto aqui. Quem souber outros, pode postar um comentário que eu adiciono. Bons Gabaritos!

Regiões Fiscais na Receita Federal



Quando formos prestar o concurso da Receita Federal, será permitida a escolha para qual Região Fiscal queremos concorrer à vaga. Como eu não tinha idéia de onde era o quê, para a receita federal, creio que existam outros canditatos com a mesma dúvida que eu. Uma amiga minha ficava falando que tava em tal região e queria ir pra tal região... Eu ficava boiando nesse assunto, mas agora já sei do que se trata. Posto abaixo a distribuição dos Entes Federativos nas Regiões Fiscais do Brasil:

  • 1ª Região Fiscal (DF, GO, MT, MS e TO)

  • 2ª Região Fiscal (AC, AP, AM, PA, RO e RR)

  • 3ª Região Fiscal (CE, MA e PI)

  • 4ª Região Fiscal - (AL, PB, PE e RN)

  • 5ª Região Fiscal - (BA e SE)

  • 6ª Região Fiscal (MG)

  • 7ª Região Fiscal (RJ e ES)

  • 8ª Região Fiscal (SP)

  • 9ª Região Fiscal (PR e SC)

  • 10ª Região Fiscal (RS)



Correção: Como os concursos atualmente estão ocorrendo nacionalmente, não é possível a escolha de local de lotação antes da aprovação.

Destinação das vagas do Concurso da Receita



Fui questionado por alguns amigos leitores sobre a destinação das vagas no Concurso da Receita, ou seja, quando abrir o Edital, pra onde abrirão vagas? Pra quais estados?
O que posso adiantar, no momento, é que ainda não há previsões. Mas por que isso?
Simples. Só saberemos exatamente pra onde as vagas serão destinadas depois do Concurso de Remoção Interno da própria Receita Federal, onde os funcionários prestam concurso a fim de serem removidos para as regiões de sua preferência. Uma amiga Fiscal me adiantou que a espera por esse concurso interno, dentro da Receita, é grande, pois muitos já estão esperando a remoção há bastante tempo, e que é difícil a movimentação dentro do órgão, que não seja por via judicial.
Por isso, vamos aguardar as provas internas para sabermos pra onde as vagas serão abertas.

Material de estudo no youtube



Às vezes, perdemos muito tempo vendo vídeos idiotas no youtube, quando poderíamos estar estudando por lá mesmo. Aí você me pergunta, "Estudar no youtube? Tá maluco, Reili?" E eu digo, "Claro que não!". Posto aqui alguns vídeos do youtube sobre matérias importantes de concursos públicos que podem ser utilizadas para agregar conhecimento aos nossos estudos. Agora, em vez de ficar assistindo "evolution of the dance" o dia todo um monte de vezes, bons estudos!






Agora só pra descontrair, sabem que existe o "Evolution of dance 2"? Hahaha

15 Dicas para Passar no Concurso da Receita Federal



Olá, pessoal. Posto hoje um guia básico com 15 Dicas superimportantes para quem quer passar na prova da Receita Federal, tanto para Analista quanto para Fiscal. Esses conselhos são de quem já passou no Concurso da Receita Federal (concurso de 2005) e sabe do que está falando. Aí vão elas:
  1. Imprima o Edital do concurso passado e o estude com muita atenção - com isso você vai descobrir qual o peso de cada matéria no concurso;
  2. Coloque em um papel todas as suas atividades diárias (trabalho, aulas e outros compromissos) - isso vai mostrar qual o tempo livre que você tem disponível para estudar. Qualquer minuto conta;
  3. Descubra em quais matérias você tem mais dificuldade - dedique-se a elas um tempo maior, necessário para aprendê-las;
  4. Faça curso preparatório - se já fez uma matéria e vai começar outro curso, se puder repita, a gente sempre se aprende algo novo ou descobre algo que vai te impedir de errar na prova;
  5. Adquira bons materiais (Eu comecei com apostilas, mas logo descobri que joguei dinheiro fora) - Recomendo os matérias voltados para concursos pois eles direcionam o estudo pois mostram o que já caiu e como caiu. Eu tinha um de cada matéria e após terminar ele eu adquiria outro, entretanto escolhi um para centralizar as idéias. Não tenha medo de riscar, escrever e pintar os livros;
  6. Mantenha-se sempre atualizado com a legislação - cuidado com as mudanças e questões de concursos anteriores desatualizadas;
  7. Forme grupos de estudo, com amigos em várias fases de aprendizado - algumas vezes quem menos sabe é quem mais te ajuda;
  8. Não tenha vergonha de perguntar - a pergunta mais idiota é aquela que você leva pra prova e ela te reprova;
  9. NÃO BRIGUE COM A MATÉRIA (!!!) - você tem de aprender a marcar o X no lugar certo, não interessa se você ache que aquele é o local errado;
  10. Não tenha medo de gastar, mas gaste com sabedoria - encontre algo que você quer e use para te manter animado;
  11. Faça muito exercício - a prova não é discursiva, é objetiva, por isso, dê especial atenção a questões de concursos anteriores;
  12. Faça outros concursos - para treinar velocidade e tranqüilidade;
  13. Se não passar não desista - Um professor dizia que o concurso é uma fila, que esta fila anda e só não chega na frente quem sair dela;
  14. Não queira ser o melhor em tudo - estoure na matéria que sabe mais, seja regular nas outras e tome cuidado para não ser eliminado em nenhuma delas. Alguns amigos tiveram uma pontuação melhor que a minha, mas acabaram não conseguindo o mínimo em alguma matéria. Lembre-se: o primeiro colocado no concurso ganha o mesmo subsidio de quem passou em último lugar;
  15. Prepare o lado emocional e físico - mente sã, corpo são.
A entrevista completa com a Adriana, responsável pelas dicas está no seguinte post: Históra de quem já passou na Prova da Receita Federal.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Andamento do Concurso da Receita Federal

Segue o link para acompanhamento do Concurso para a Receita Federal 2009.
http://cprodweb.planejamento.gov.br/consulta_externa.asp?cmdCommand=Buscar&ProcCodProcedencia=1281789&ProtNumProtocolo=3080000439200843

Vídeos da Receita Federal

Posto hoje o link para um dos vários tipos de vídeos da Receita Federal do Brasil, pra quem, como eu, tem curiosidade em saber que tipo de serviço eles fazem, como é o trabalho etc. É só dar o play e curtir o trabalho de uma das profissões mais interessantes e diversificadas que existem. Cheguei a uma conclusão: É quase impossível não se adaptar ao serviço da Receita Federal, devido a variedade de tarefas e operações. Tem lugar para quase todo o tipo de perfil de servidor.
Link:
https://youtu.be/XAZhVRi8QCc

domingo, 10 de maio de 2009

Material de estudo online

www.memorizando.com
demonstração:
http://www.memorizando.com/Flash.aspx?Arquivo=Materias/Administrativo/Organizacao.swf
http://www.memorizando.com/Flash.aspx?Arquivo=Materias/Constitucional/Estado.swf
http://www.memorizando.com/Flash.aspx?Arquivo=Materias/Tributario/Reparticao.swf

Restante do conteúdo
(exibido apenas nas páginas individuais)

História de quem já passou na prova da Receita Federal



Colegas de concurso, apresento-vos hoje, com muito orgulho, Adriana Araújo, uma concurseira aprovada no Concurso de Auditor Fiscal da Receita Federal de 2005 contando suas histórias e dicas para a tão sonhada aprovação no concurso da RF. Nos inspiremos em sua história e vamos à luta!

"Boa Tarde,
Meu nome é Adriana e já estive na mesma situação de vocês (hoje sou AFRFB – concurso de 2005 - e trabalho na área aduaneira).
Eu comecei a pensar em concurso em 1995. Tinha acabado de ganhar minha segunda filha e não estava muito contente com meu emprego (trabalhava como Engenheira Civil). Comecei um cursinho preparatório, mas trabalhando o dia inteiro e com duas crianças pequenas (9 meses e 3 anos) ficava difícil estudar e dar conta de ver toda matéria. E o pior é que não saia edital para a RF. Acabou que meu patrão aumentou meu salário (ele ficou maior que o do Auditor) e eu desisti de prestar o concurso.
Em 2002 a situação ficou difícil, acabei perdendo meu emprego de Engenheira e resolvi prestar o concurso de Auditor. Tinha acabado de sair o primeiro edital para a RF. Eu então comecei a estudar para o Auditor do INSS (não achei que ia haver outro concurso da RF naquele ano, o que acabou acontecendo).
Como esperado, com apenas 3 meses de estudo, trabalhando durante o dia, tendo aulas das 19:00 às 22:30 hs, eu não consegui passar (não consegui o mínimo em direito do trabalho e em ética, nas outras não reprovei, mas mesmo que não reprovasse de nenhuma eu não conseguiria me classificar).
No inicio de 2003, logo após o ano novo, parei de trabalhar e recomecei a estudar, visando 2 concursos (Auditor da RF e do INSS).
Fazia curso preparatório em 2 cursos e estudava todos os dias (meu trabalho era estudar) aproveitando todo meu tempo livre: Em meu carro sempre tinha material, quando buscava as crianças na escola, ficava no carro estudando enquanto elas não saiam. Quando ia ao médico ou a psicólogo (que sempre fazem o paciente esperar) levava um livro e estudava na sala de espera.
Por não trabalhar e pelo tanto que eu estudava quando saiu o edital da RF em 2003 eu estava preparada para o concurso de AFRF e do INSS (meus professores e o pessoal dos cursinhos também achavam o mesmo). Entretanto, por um azar muito grande, 3 semanas antes do concurso de AFRF, acabei ficando doente e precisei fazer uma grande cirurgia. Perdi a prova da RF, mas fiz a do INSS (passei,mas não classifiquei por 2 questões).
Passei 2004 doente, diminui o ritmo, mas não parei de estudar.
Em 2005 voltei com força total, estudei ainda do que em 2003, mas o edital não saia.
Neste período fiz vários cursos mais de uma vez, toda vez que saia um curso repetido com um professor que eu gostava eu fazia de novo.
Quando o edital saiu mudou tudo, mas como estudava pra RF e pro INSS, já havia visto toda matéria de direito previdenciário e de contabilidade avançada. Quanto a Economia, DIP, Finanças Pública, Informática, elas eram novas para mim, mas também eram novas para todos os outros, fiz cursos que iniciaram após o edital.
Adorava Matemática Financeira e Estatística, não precisava me esforçar muito para elas. Como sempre tive dificuldades de Português, foi a única matéria que estudava todos os dias. Inglês fiz um curso que começou 3 meses antes das provas.

Fiz inscrição para AFRF e TRF. Na prova para AFRF, apesar de todo preparo, me desesperei na prova de português, perdi muito tempo e acabou que não deu tempo de fazer a prova de estatística (fiz uma questão - que infelizmente tinha 2 respostas e eu escolhi a errada!!! - e tive de chutar as outras). Quando saiu o gabarito fiquei dependendo de uma anulação em Estatística. Fiquei emocionalmente acabada... chorava o dia inteiro... nem conseguia estudar para a prova de TRF. Para minha sorte, houve anulação de algumas questões de estatística e eu acabei passando para AFRF.

Esta é a minha história, agora algumas dicas do que funcionou para mim:
- Imprima o Edital do concurso passado e o estude com muita atenção (com isso você vai descobrir qual o peso de cada matéria no concurso).
- Coloque em um papel todas as suas atividades diárias (trabalho, aulas e outros compromissos), o que vai mostrar qual o tempo livre que você tem disponível para estudar. Qualquer minuto conta.
- Descubra em quais matérias você tem mais dificuldade (para dedicar a elas um tempo maior, necessário para aprendê-las)
- Faça curso preparatório (se já fez uma matéria e vai começar outro curso, se puder repita (a gente sempre se aprende algo novo ou descobre algo que vai te impedir de errar na prova)
- Adquira bons materiais (Eu comecei com apostilas, mas logo descobri que joguei dinheiro fora). Recomendo os matérias voltados para concursos pois eles direcionam o estudo pois mostram o que já caiu e como caiu. Eu tinha um de cada matéria e após terminar ele eu adquiria outro, entretanto escolhi um para centralizar as idéias. Não tenha medo de riscar, escrever e pintar os livros.
- Mantenha-se sempre atualizado com a legislação.
- Forme grupos de estudo, com amigos em várias fases de aprendizado (algumas vezes quem menos sabe é quem mais te ajuda).
- Não tenha vergonha de perguntar.
- Não brigue com a matéria (você tem de aprender a marcar o X no lugar certo, não interessa se você ache que aquele é o local errado).
- Não tenha medo de gastar, mas gaste com sabedoria. - Encontre algo que você quer e use para te manter animada
- Faça muito exercício, dando especial atenção a questões de concursos anteriores.
- Faça outros concursos (para treinar velocidade e tranqüilidade).
- Se não passar não desista (Um professor dizia que o concurso é uma fila, que esta fila anda e só não chega na frente quem sair dela).
- Não queira ser o melhor em tudo:estoure na matéria que sabe mais, seja regular nas outras e tome cuidado para não ser eliminado em nenhuma delas (alguns amigos tiver uma pontuação melhor que a minha, mas acabaram não conseguindo o mínimo em alguma matéria). Lembre-se o primeiro colocado no concurso ganha o mesmo subsidio de quem passou em último lugar.
- Prepare o lado emocional e físico.

Bem, espero que tenha ajudado alguém e que alguns de vocês venham trabalhar comigo na RFB.
Até mais.
Adriana

Esqueci uma dica que para mim é muito importante...
Somente resolva uma prova ou exercicio se ela tiver gabarito, e de preferência procure um gabarito comentado. Uma vez perdi horas tentando resolver uma questão pois minha resposta não batia com nenhuma das alternativas, depois descobri que esta questão tinha sido anulada por não ter resposta..."

sábado, 9 de maio de 2009

Livros para o concurso da Receita Federal


LIVROS OU APOSTILAS?


No mercado dos concursos existem vários produtos, dentre eles apostilas, livros, resumos, códigos anotados, esquemas etc, uns de maior qualidade, outros de pior qualidade, claro. Entretanto, não há uma informação efetiva, por parte dos canais de informação sobre quais produtos valem o gasto e quais não o valem, o que deixa o estudante órfão de informação, tendo que se informar com amigos, professores diversos, buscas na internet, dentre outras opções. Existem concursos que exigem apenas o estudo da legislação, outros, somente apostilas ou resumões, e ainda outros, nos quais estamos envolvidos, que necessitam de bons livros para um aproveitamento ídem.
Como estamos falando do Concurso da Receita Federal, não podemos nos deixar ser enganados por vendedores de materiais fajutos, que só querem o nosso dinheiro e não se preocupam com que tipo de informação estão veiculando. A banca ESAF não cobra apenas "decoreba" da legislação, nem apenas aquele conhecimento superficial sobre tudo. Ela cobra conhecimentos específicos sobre as matérias abordadas.
Portanto, na hora de escolher meu material de estudo, fui exatamente naqueles que sabem da matéria e conhecem o tipo de questão que a banca cobra: os professores. O que pude notar de unanimidade entre os docentes foi a sugestão de não gastar dinheiro com aquelas apostilas enormes que vem escrito na capa o concurso, no caso, RECEITA FEDERAL. Quando eu estudei para o concurso do Pedro II, isso lá na minha 8ª série, eu estudei numa apostila dessas, a "Passe para o Pedro II". Não é que deu certo? É claro que foi com a ajuda de amigos e do pai da namorada do meu irmão na época, que era professor de matemática, que eu pude aprender a matéria, a qual não tinha na escola municipal onde estudava. Mas foi resolvendo os exercícios daquela apostila que eu aprendi e fixei a matéria. Entretanto, para o Concurso da Receita, devemos ter em mente que não é só com esse tipo de material que seremos aprovados. Precisamos de bons livros.
Excluindo o caso de o aluno estudar em um bom curso preparatório e esse curso fornecer o material em forma de apostilas, devemos fugir desse tipo de material, aquele que se compra em bancas de jornal, as famosas "apostilas bizuradas!". O bom material mesmo, segundo a maioria dos professores da área de concursos, é aquele voltado para a banca do concurso, ou seja, os livros para concursos, com foco na ESAF. Posto aqui dois bons exemplos de editoras com livros especializados para os concursos da ESAF:


Editora Campus / Elsevier
Editora Ferreira
Editora Ímpetus


Agora posto os meus livros, ou seja, os livros que eu achei interessante comprar para cada matéria do Concurso pretendido:


Língua Portuguesa

Português ESAF - Décio Sena

Direito Constitucional

Direito Constitucional - Sylvio Motta
Direito Constitucional - Gustavo Barchet

Direito Administrativo

Direito Administrativo – Marcelo Alexandrino e Vicente Paulo

Contabilidade

Contabilidade Geral – Ed Luiz Ferrari

Contabilidade Básica – Ricardo J. Ferreira





Direito Tributário

Direito Tributário – João Marcelo Rocha

Matemática Financeira

Matemática Financeira – Benjamin César

Estatística Básica

Estatística Básica Simplificada – Sergio Carvalho e Weber Campos

Macroeconomia

Macroeconomia para concursos – Geraldo Góes e Sérgio Gadelha

Finanças Públicas

Finanças Públicas – Carlos André e José Jayme

Direito Internacional Público

Sem livro

Comércio Internacional

Comércio Internacional e Legislação Aduaneira – Rodrigo Luz

Informática

Informática Provas e Concursos – Rogério Amigo

Inglês

Sem Livro

Direito Previdenciário

Curso de Direito Previdenciário – Ítalo Romano e Jeane Tavares


Como eu tenho uma facilidade maior em ingês, por já haver feito curso, preferí não opinar, até por que existem pessoas que otam pela matéria de espanhol. Já a matéria de Direito Internacional Público não possui livro específico para a banca ESAF ainda, por isso, devemos contar com o material fornecido pelos cursos especializados. Quem quiser, me envie email que eu disponibilizo o material.


Por fim, existe um fórum muito interessante que pode ajudar-nos em algumas dúvidas a esse respeito, é o Concurseiros.

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Cursos Preparatórios para a Receita Federal




Amados e Adorados amigos leitores e colaboradores, hoje passo para escrever sobre um assunto de extrema importância para nós, concurseiros: os Cursos Preparatórios para a Receita Federal. Dos bons cursos existentes, basicamente podemos dividi-los em dois tipos, que são os cursos presenciais e os cursos pela internet (online).


I - Cursos Presenciais
Dos cursos presenciais, é claro que depende bastante da Unidade Federativa onde você, caro leitor, reside. Entretanto, posso falar um pouco sobre as possibilidades aqui no Rio de Janeiro.
  • Academia do Concurso Público
Eu já tive a oportunidade de concluir alguns cursos na Academia do Concurso Público e pude formar a minha opinião. Até algum tempo atrás, a situação era a seguinte: a qualidade dos professores é muito alta, com feras em suas áreas, como Alexandre Lugon, no Direito Tributário; Cristina Luna e Flávia Bahia, no Direito Constitucional; Edson Pimentel, na Contabilidade; dentre outros. Fiquei muito feliz com a qualidade das aulas e tudo, entretanto, como nem tudo são flores, a organização e previsão das aulas deixou a desejar. Ficávamos sabendo de aulas somente na véspera das mesmas e a matéria teve que ser ministrada aos sábados, domingo e feriados para o cumprimento do previsto no edital, quando, no início do curso, tínhamos vários horários livres. Mas querem saber? Valeu a pena pela qualidade das aulas.
  • Outros Cursos presenciais
Dentre outros cursos existentes que eu conheço, ouço muitas boas indicações do Centro de Estudos Guerra de Moraes, ou curso do Professor Guerrinha, que possui uma fama incrível pela qualidade de suas aulas, do Curso Max, que toma cada vez mais espaço no cenário concurseiro, do Curso Servidor, que também apresenta-se como uma boa opção, dentre outros.

II - Cursos ONLINE
A outra opção de curso que temos, que tem me atraído bastante ultimamente, pela comodidade e economia de tempo, são os cursos e aulas online, ou seja, pela própria internet.
Para quem tem internet banda larga essa é uma ótima opção, pois você não pega trânsito pra chegar no curso, não corre o risco de chegar atrasado nas aulas, não precisa perguntar ao amigo do lado o que foi que o prefessor disse, pode pedir pra repetir quantas vezes quiser, sem medo de acharem você um idiota, pode ir ao banheiro sem se preocupar em perder algum assunto e não precisa se preocupar em repetir roupa. Não é uma MARAVILHA?
Pois é, os cursos virtuais estão aí e ganham cada vez mais espaço no cenário dos concursos.
  • Canal dos Concursos
Uma das boas opções que eu andei estudando é o site Canal dos Concursos, que apresenta uma proposta de Cursos Online com uma qualidade incrível de professores. Os grandes mestres que tive a oportunidade de conhecer na Academia do Concurso estão por lá, dentre outras feras. Parece que o portal é dirigido pela Professora Cristina Luna, de Constitucional, que dispensa apresentações. Dos benefícios apresentados pelo site, estão o fornecimento de materiais (apostilas, exercícios) em .pdf, para download, contato com o professor, para a solução de dúvidas, Fórum de Discussões sobre as matérias e atualização das aulas segundo o Edital do Concurso. Percebi que o CC está investindo bruto no Concurso da Receita e, com certeza, vou me inscrever em um de seus cursos.
  • Eu Vou Passar
Outra grande fonte de conhecimento que encontrei é o site Eu Vou Passar, que se destaca bastante pela qualidade de suas aulas, tanto no quesito matéria ministrada, quanto na questão do àudio/vídeo, e por seus preços. Pelo que entendi, cada aula custa R$ 1,00, mas se você aderir ao programa de Aluno Vip, tem acesso a todas as aulas existentes até o momento do acesso por 1 mês por apenas R$ 30,00! É uma ótima opção para quem já tem seu curso ou material certo de estudo, mas se interessa por um material de apoio. Ponto importante a se salientar é que, enquanto o Canal dos Concursos se propõe a ser um Curso Preparatório, o Eu Vou Passar se Limita a ser um material de apoio (teoria e exercícios) de extrema qualidade.
  • Meta Concursos
Outra boa opção que encontrei pela internet foi o site Meta Concursos, que ainda não tive como avaliar os serviços por falta de tempo, mas que também tem a mesma proposta do Canal dos Concursos, sendo, no entanto, mais abrangente no cenário concurseiro, não se limitando aos concursos fiscais, mas aos concursos em geral. Já tive uma ótima impressão do site por ver que o mesmo apresenta uma coluna do grande Mestre e Guru dos Concursos Públicos William Douglas.
  • Ponto dos Concursos
Esse é outro site que descibri recentemente e que propõe cursos específicos para a Receita Federal. O Ponto dos Concursos, conforme seu próprio site, "é um site voltado para a divulgação de notícias e artigos direcionados para aqueles que se preparam para concursos públicos de nível superior, especialmente aqueles realizados pela Escola de Administração Fazendária (Esaf) e pelo Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/Unb)". A autoria do site é do grande Mestre Vicente Paulo, autor de várias obras de renome.
  • Outros Cursos
Existem ainda outros sites de material de apoio, que ainda são pouco conhecidos, um deles é o Memorizando.com . Esse site fornece material de qualidade sobre processos mnemônicos e gráficos, em formato flash, relativos à matéria do concurso da Receita Federal. O preço é R$25,00 por matéria. É um serviço que é difícil de se encontrar até em livros! Vale a pena conferir!


Por Fim, comprometo
-me com vocês, caros leitores, a, assim que começar o curso do Canal dos Concursos (depois do dia 25/05), postar aqui um relatório completo dos serviços oferecidos por aquele portal. Além disso, quaisquer novas fontes ou opções posto aqui com o maior prazer.

terça-feira, 5 de maio de 2009

Organização e Administração do Tempo nos Estudos




A organização e Administração inteligente do tempo disponível são armas essenciais para a aprovação em um concurso público. Sem elas, torna-se muito mais cansativo o preparo e improdutivo o aprendizado. Posto hoje algumas técnicas e dicas nesse sentido.
Todos sabemos qual a importância da organização na persecução de um objetivo - no caso, a aprovação no concurso. É estabelecendo o objetivo que avaliamos as metas, os caminhos a percorrer, nossos fatores facilitadores (tempo para estudo, dinheiro, ajuda dos pais, apoio da família, vontade, fé etc) e fatores complicadores também (filhos, tempo escasso, falta de dinheiro, por exemplo). Sem essas noções, não temos como utilizar os fatores facilitadores a nosso favor e, quando enfrentamos os fatores complicadores, nos sentimos atacados e indefesos, pois estamos despreparados. Por isso, recomendo a todos que anotem em uma agenda ou no caderno de estudos quais os fatores complicadores que tentarão tirar-lhe o foco e quais os facilitadores, que serão seus maiores aliados nessa guerra - serão suas armas.

O meu maior sonho é poder aumentar o tempo de duração dos meus dias. Fico pensando se seria possível, por exemplo, um remédio que substituísse a necessidade de dormir. Teríamos então um dia de 24 horas! Que maravilha! Enquanto isso não acontece, devemos achar modos eficazes de administração do tempo. Nos estudos, poucos dão a importância devida a esse quesito e acabam, ora exagerando na carga horária e "surtando" em algum momento do preparo, ora não aproveitando todo o tempo disponível e não abordando assuntos necessários à aprovação. Por isso, hoje fiz a divisão (inicial, pois ainda não comecei o curso preparatório) do meu tempo semanal de estudos, que deve abordar, não só a carga horária de estudos, mas também o horário de trabalho, atividades físicas e lazer. Estes dois últimos, quando incluídos no planejamento de estudo, otimizam a hora estudada, pois elevam a qualidade de vida. A divisão do meu tempo ficou mais ou menos assim:

Tendo dividido meu horário e minhas atribuições, é hora de levar o planejamento à sério e evitar furos.
Outro aspecto importante que não devo deixar de tocar é sobre a hora do lazer. Muitos, ao separar um momento para o lazer, se sentem culpados por aquele momento, imaginando que existe alguém estudando enquanto eles mesmos não estão. Não se culpe por isso! O lazer é necessário! Não o excesso dele, mas o mínimo lazer imprescindível ao bom funcionamento do cérebro no momento dos estudos. Do que adianta ficar horas a fio estudando durante todos os dias da semana se seu estudo não rende, se você sente dores de cabeça, se não sente progresso na aprendizagem?
Por isso, organize-se! Não deixe esse ponto importante para depois e não subestime o poder de um bom planejamento, você só tem a ganhar!

Sobre esses e outros assuntos importantes ao estudo, indico o livro do Dr. William Douglas - "Como Passar em Provas e Concursos", da editora Campus/Elsevier.
Quaisquer dúvidas ou sugestões de melhoria, postem os comentários aqui que ficarei muito feliz em respondê-los!
Vamos em frente!

"Quantas semanas tem um dia e quantos anos tem um mês?" - Pablo Neruda

segunda-feira, 4 de maio de 2009

ESAF, quem?




Hoje é o primeiro dia de vida do meu blog e, pra começar, nada melhor do que o início, né? Parece redundante mas é mesmo (rs). Hoje vou falar da banca que nós enfrentamos, a ESAF - Escola de Administração Fazendária. Dentre os concursos que a ESAF organiza, estão os da Receita Federal, que serão, a partir de agora, objeto de análise e estudo. É notório o grau de dificuldade das suas provas, que justifica a alta carga horária de estudos e organização - este que é um dos fatores mais importantes na maratona dos concursos e será abordado em postagens futuras. Último Concurso O ano de 2005 foi a última vez até hoje que a Receita Federal organizou esse tão cobiçado concurso, seguem suas especificações: Escolaridade:
Curso superior concluído, em nível de graduação.
Taxa de Inscrição:
R$ 100,00.
Período de inscrição:
das 10 horas do dia 10 de outubro de 2005 até às 20 horas do dia 13 de novembro de 2005.
Remuneração inicial:
Até R$ 7.531,13
Número de vagas:
1.000, distribuídas por Áreas de Especialização e por Região Fiscal, conforme Edital regulador.
Data de realização das provas:
17 e 18 de dezembro de 2005


Na análise da data das inscrições até a realização das provas daquele ano temos uma idéia de quanto tempo levará da abertura das inscrições até as provas este ano (em torno de 3 meses).
Levando em consideração que o concurso já foi autorizado e que está previsto para o final deste ano, podemos prever que temos o ano de 2009 todo para os estudos. Parece muito? Claro que não, pois a matéria é extensa e temos que nos dedicar. Mas calma! Não desista ainda, afinal, não há conquista sem sacrifício, né? O sacrifício é temporário, mas a conquista é vitalícia.
O concurso deste ano foi autorizado no último dia 24 e promete 1.150 vagas, divididas em 450 para Auditor Fiscal e 700 para Analista Tributário, com salários de R$12.535,36 e R$7.095,53, respectivamente.
Além das provas, o concurso consta de sindicância da vida pregressa e programa de formação, ambos de caráter eliminatório. A exigência é de Curso superior para ambos os cargos.
Conhecido o inimigo, vamos aos estudos!

Qual é o salário de Analista Tributário da Receita Federal?

Como mais um incentivo aos estudos, vale dar uma conferida na nova tabela salarial do cargo de Analista Tributário da Receita Federal,...